Curriculum

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

1959

Pintura, Galeria Diário de Notícias, Lisboa

1962

Pintura, Galeria Diário de Notícias, Lisboa

MEU AMOR, 1960

óleo sobre tela

50 X 100 cm

Colecção Centro de Arte Moderna, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

1964

Pintura, Galeria Diário de Notícias, Lisboa

1965

Pintura, Galeria Divulgação, Lisboa

1966

Pintura, Galeria 111, Lisboa

O GATO, 1967

(Integra a temática apresentada na exposição PINTURA, 1966)

acrílico sobre tela

100 X 80 cm

Colecção Manuel de Brito, Lisboa

1970

O Espírito da Letra, Galeria Judite Dacruz, Lisboa

1971

Expansões, Galeria Judite Dacruz, Lisboa

1972

Anagramas, Galeria Judite Dacruz, Lisboa

ANAGRAMA, 1973

(Integra a temática apresentada na exposição ANAGRAMAS, 1972)

acrílico sobre cartão

62,5 X 61 cm

Colecção Manuel de Brito, Lisboa

1974

Originais para as ilustrações de "Contos arcomidos", Galeria Opinião, Lisboa

1981

Mamografias, Galeria Diferença, Lisboa

Alfabetos, Galeria Quadrum, Lisboa

1982

Mamografias, Galeria CAP, Coimbra

1984

Kodak, Galeria Altamira, Lisboa

Caretos, Galeria Quadrum, Lisboa

CARETO COM BURRO, 1984

óleo sobre tela com aplicação

140 X 125 cm

1986

Metamorfoses, Galeria Wewerka, Hannover, Berlim

Metamorfoses, Galeria Zen, Porto

1987

Guaches, Galeria Atelier 2, Lisboa

1988

As Imagens da Escrita, Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa

PAINEL DO INFANTE, 1987

(Integrado na recriação que João Vieira faz dos Painéis de S. Vicente de Fora)

sobre sobre tela

300 X 200 cm

Máscaras, Centro Cultural S. Lourenço, Almansil

Diálogos de Lisboa (Francisco de Hollanda), Galeria Barata, Lisboa

1990

Galeria Nasoni, Lisboa

1991

Escritas, Galeria Neupergama, Torres Novas /p>

1993

Máscaras, Museu de Amarante

Silêncio Chinês, Edifício Eduardo Martins, Lisboa

SILÊNCIO CHINÊS, 1993

(Inclui sarcófago com àgua dourada, em primeiro plano)

Edifício Eduardo Martins, Lisboa

1994

Silêncio Chinês, Galeria dos Escudeiros, Évora

Ideogramas, Galeria Trema, Lisboa

1995

Efeitos de Espelho (à maneira de Grão-Vasco), Museu Grão-Vasco, Viseu

Efeitos de Espelho(à maneira de Grão-Vasco), Fundação Mapfre, Porto

1996

Exposição dos painéis de azulejos preparativos para os painéis do metropolitano de Budapeste, Galeria Ratton, Lisboa

Inauguração do painel de azulejos na estação do metropolitano de Budapeste

Bestiário, Galeria Fernando Santos, Lisboa/Porto (em simultâneo)

Um Almirante em Vez de Coração, Casa-Museu Fernando Pessoa, Lisboa (instalação multimédia)

EXPOSIÇÕES COLECTIVAS

1956

I Exposição Artistas de Hoje, Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa

7 Junge Portuguiesische Kunstler, Kunstverein, Hannover

1957

I Exposição de Artes Plásticas, organizada pela Fundação Calouste Gulbenkian, Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa

1958

Onze Pintores Portugueses, Galeria Abril, Madrid

1960

Grupo KWY, Universidade de Saarbrucken; Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa

1961

Grupo KWY, Galeria Le Soleil Dans la Tête, Paris

II exposição de Artes Plásticas, organizada pela Fundação Calouste Gulbenkian, FIL, Lisboa

1967

Prémio Lissone, Milano

Arte Portuguesa - Pintura e Escultura do Naturalismo aos Nossos Dias, Palais des Beaux Arts, Paris, Bruxelles

1968

Arte Portuguesa - Pintura e Escultura do Naturalismo aos Nossos Dias, Casón del Buen Retiro, Madrid

Exposição GM 67, Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa

Exposição de Arte Moderna "Pintura e Escultura", Museu José Malhoa, Caldas da Rainha

1969

Exposição Inaugural da Galeria de Exposições Temporárias da Fundação Calouste Gulbenkian, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

Colectiva, Galeria Judite Dacruz, Lisboa

1971

Prémio SOQUIL-70, Galeria Bucholz, Lisboa

Pintura Portuguesa, Instalações da TAP, Bruxelas

1972

Colectiva, organizada pela Galeria Judite Dacruz, Cooperativa Árvore, Porto

Expo AICA 72, Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa

1973

26 Artistas de Hoje, Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa

Pintura Portuguesa de Hoy - Abstractos y Neofigurativos, Palacio de La Virreina, Barcelona

1974

Expo AICA 74, Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa

1975

I Bienal do Avante, Lisboa

1976

Arte Portoghese Comtemporanea, Galeria Nazionale d'Arte Moderna, Roma

Art Portugais Contemporain, Musée D'Art Moderne de la Ville de Paris, Paris

Arte Portuguesa Contemporânea, Museu de Arte Moderna de Brasília, São Paulço e Rio de Janeiro, Brasil

1977

Alternativa Zero, Galeria Nacional de Arte Moderna, Lisboa

Cultura Portuguesa em Madrid, Palacio de Congressos, Madrid

1979

SACOM 2, Museo Vostell, Malpartida de Cáceres

Arte Moderna Portuguesa, Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa

Festa de la Letra, Galeria Ciento, Eude, Joan Prats, Sala Gaspar e BCD, Barcelona

1980

SACOM 3, Museo Vostell, Malpartida de Cáceres

Bienal de Veneza (representação nacional), Veneza

Exposição CNARP, Lisboa

1981

Exposição de Arte, Reitoria da Universidade Clássica, Lisboa

1982

Desenhos? Projecto Sema, Edifício Mobil, Lisboa

1983

Exposição de Artes Plásticas - Jornada de Divulgação da Arte em Portugal, Casa do Alentejo, Lisboa

1984

20th Asia Modern Art Exhibition Special Review, Tokio-to Bijutsukan e Ueno-no-Mori Bijutsukan, Tokyo

1986

AICA, Gulbenkian

1987

Arte Portuguesa 70-80, Exposição Itinerante

1990

Surrealismo e Não-Só, Galeria Neupergama, Torres Novas

1991

Três Artistas Portugueses em Macau, Casa Garden, Macau

1993

Biombos dos Portugueses, Tokyo, São Paulo

1994

Biombos dos Portugueses, Lisboa, Porto, Toronto, Cabo Verde

Anos 60, Palácio Galveias, Lisboa

Exposição Itinerante de Artes Plásticas, Festa do Avante, Lisboa; Fête de L'Humanité, Paris

1995

Colecção de Mário Soares, Museu do Chiado, Lisboa.

ACÇÕES-ESPECTÁCULO/ PERFORMANCES

1970

O Espírito da Letra, Galeria Judite Dacruz, Lisboa

1971

O Espírito da Letra, Galeria Bucholz, Lisboa

Expansões, Galeria Judite Dacruz, Lisboa (com a participação de modelos profissionais)

1972

Incorpóreo I, Expo AICA-72, Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa

(com a participação de Maria)

1973

Pele Integral, Expo AICA-73, Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa

1978

Incorpóreo II, Museo Vostell, Malpartida de Cáceres

INCORPÓREO III, 1979

(Integra a temática apresentada na exposição INCORPÓREO II, 1978)

relevo pintado sobre poliuretano rígido

196 X 153 cm

1980

Expansões, Galeria Nacional de Arte Moderna, Lisboa (com a participação de elementos do grupo de teatro "A Barraca" e dos músicos Maria João Serrão e Oliveira e Silva)

1981

Mamografias, Galeria Diferença, Lisboa (com a participação de Maria, Manu e Mandinga)

1984

Caretos, Galeria Quadrum, Lisboa (com a participação de Janita Salomé)

FILMOGRAFIA

1971

Expansões, 16mm, cor, aprox. 10 minutos. Galeria Judite Dacruz, Lisboa (realização de Manuel Pires)

1972

Incorpóreo I, 16mm, cor, aprox. 10 minutos. Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa (realização de Manuel Pires)

VIDEOGRAFIA

1977

Mamografias, (projecto-instalação-vídeo), circuito interno, preto e branco, tempo de duração ininterrupto ao longo da exposição Alternativa Zero, Galeria Nacional de Arte Moderna, Lisboa

1979

Concerto Fluxus com Juan Hidalgo, Wolff Vostell e Joana Rosa, preto e branco, Sony V-60H, aprox. 20 minutos

1980

Expansões, (Video-performance), U-Matic, cor, aprox. 25 minutos, Galeria Nacional de Arte Moderna, Lisboa (ardeu no incêndio da Galeria, existe uma cópia resumo de 5 minutos)

1981

Mamografias, (video-performance), U-Matic, cor, aprox. 20 minutos, Galeria Diferença, Lisboa (realização de Manuel Pires)

1982

Festa dos Caretos em Torre D. Chama, (recolha etnográfica), U-Matic, cor, Torre D. Chama (realização Manuel Pires)

1984

Caretos, (Video-performance), U-Matic, cor, 25 minutos, Galeria Quadrum, Li sboa (realização de Cerveira Pinto)

TEATRO

CENOGRAFIA

1967

D. Quixote, de Y. Jamiaque, encenado por Carlos Avillez. Teatro Experimental de Cascais.

1968

O Porteiro, de Harold Pinter, encenado por Jorge Listopad. Teatro do Nosso Tempo, Lisboa.

1969

À Espera de Godot, de Samuel Beckett, encenado por Jacinto Ramos. Banco de Angola, Lisboa.

A Ilha dos Escravos, de Marivaux, encenado por Luis Lima. Teatro Experimental Universitário de Coimbra.

Ida e Volta, de Hindemith, XIII Festival Gulbenkian de Música, Lisboa

O Capote, de Chailly, XIII Festival Gulbenkian de Música, Lisboa

1976

O Círculo de Giz Caucasiano, de Brecht, encenado por João Lourenço. Nacional 2, Lisboa

1977

1383, de Virgílio Martinho, encenado por Joaquim Benite. Grupo de Teatro de Campolide, Lisboa

1981

Baal, de Brecht, encenado por João Lourenço. Nacional 2, Lisboa

1984

Traições, de Harold Pinter, encenado por João Vieira. Teatro de Actor, Lisboa

1994

Molière, de Bulgakov, encenado por Joaquim Benite. Companhia de Teatro de

Almada

ENCENAÇÃO

1976

Quem Tem Medo de Virgínia Wolff? de Edward Albee. Companhia Vasco Morgado, Lisboa

1984

Traições, de Harold Pinter. Teatro de Actor, Lisboa

Paisagem, de Harold Pinter. RTP, Lisboa

PRÉMIOS

1968

Prémio do Ciclo de Teatro Latino, Barcelona, pela cenografia de D. Quixote

1971

Prémio Nacional de Teatro, pela encenação de Quem Tem Medo de Virgínia Wolff?

[ CITI ]