Amor de Perdição - 1978

«Amor de dois jovens, Simão Botelho e Teresa de Albuquerque, contrariado pelas respectivas famílias, que se odeiam, leva Teresa ao convento e Simão à cadeia, ela por recusar-se a casar com Baltasar Coutinho seu primo, que a pretende, ele , mais tarde, por ter assassinado Baltasar, que se lhe atravessara no caminho. Condenado a dez anos de degredo na Índia, Simão parte, enquanto Teresa morre tísica no convento. Simão morre também alguns dias depois, no barco que o leva ao degredo.» *

Este foi o enredo escolhido por Oliveira para realizar a sua sexta longa metragem. Adaptado de um dos clássicos da literatura portuguesa- Amor de Perdição, é a mais célebre obra literária de Camilo Castelo Branco.

Todo o filme se passa em volta dos amores frustrados entre Simão Botelho e Teresa, que arriscam a vida para estarem juntos, mas a morte acaba-os por separar.

Sem nunca perder de vista a obra de Camilo, Oliveira adaptou Amor de Perdição ao cinema com uma tal perspicácia que cada cena é o deslombrar de uma solução encontrada pelo cineasta para transpor da melhor maneira a ficção do livro para o "realismo" da película, sem nunca cair em lugares comuns. Desde a fotografia, à narração "off", ao dramatismo da acção, temos uma inconstante evolução de planos, que nos aprisionam ao filme.

* (Esther de Lemos, in prefácio de Amor de Perdição)


Ficha Técnica

16 mm c 2860 mt 252 mn

Realização: Manoel de Oliveira

Produção: Instituto Português de Cinema/IPC, Centro Português de Cinema/CPC, Radiotelevisão Portuguesa/RTP, Cinequipa, Tobis Portuguesa

Notas: Orçamento Divulgado: 20 000 contos. Há uma versão televisiva (6 ep 340 mt cd).

As Realização: Jorge Martinho, Jaime MourãoFerreira, Carlos Santana

Obra Original: Amor de Perdição

Autor Original: Camilo Castelo Branco

Adaptação: Manoel de Oliveira

Planif/Seq: Manoel de Oliveira

Fotografia: Manuel Costa e Silva

Op Imagem: Emílio Pinto, Francisco Silva

As Imagem: Carlos Manuel, Octávio Espírito Santo, Carlos Mena

Iluminação: (Chefe) Manuel Carlos, Carlos Afonso, Humberto Alves

Electricistas: Emílio Castro, José Mourao

Maquin: Joao Silva, Joaquim Amaral

Decoração: António Casimiro

As Decoração: António Manuel, Rui Alves

Aderecista: João Luís

Carpinteiro; António Costa

Pintor: José Luciano

Modelador: Juvenal Rocha

Vestuário: Anahory, (Figurinos) António Casimiro

As Figurin: Jasmim de Matos

Caracterização: Luís de Matos

As Caracterização: Isabel Gonçalves

Cabeleireiro: Lucinda Maria

Cabeleiras: Víctor Manuel

Fot de Cena: Albano Pereira, Carlos Santana

Anotação: Olívia Varela/Manolívia, Cristina Martins

Direc de Som: Carlos Alberto Lopes, Joao Diogo

Op Som: José de Carvalho

As de Som: Carlos Aljustrel, Mário Rosa

Sonoplastia/Mist: Luís Barão

Música: João Paes, (Sonata Opus 5) Georg Friedrich Haendel

Execução Musical: Ricardo Ramalho, Joao Nogueira, Adolf Thorn

Coreografia: Margarida de Abreu

Montagem: Solveig Nordlund

Estúdios: Tobis Portuguesa

Exteriores: Viseu Quinta de S. Miguel, Porto, Coimbra

Data Rodagem: Nov 1976/NOV 1977

Lab Imagem: Tobis Portuguesa, Éclalr (Paris)

Reg Som: Valentim de Carvalho, Nacional Filmes

Direc Produção: (IPC) Henrique Espírito Santo, Marcílio Krieger, António Lagrifa

Assistente de Produçao: Ricardo Cordeiro, Joao Costa

Chefe Produçao: Anabela Gonçalves

Sec Produção: Maria da Graça

Patrocínio: Fundação Calouste Gulbenkian

Distribuição: V. O. Filmes, Ver Filmes

Antestreia: Quarteto

Data Antestreia: 24 Nov 1979

Estreia: Quarteto

Data Estreia: 25 Nov 1979

Intérpretes/Personagens: António Sequeira Lopes (Simao Botelho), Cristina Hauser (Teresa de Albuquerque), Elsa Wallenkamp (Mariana), António J. Costa (João da Cruz), Henrique Viana (Tadeu de Albuquerque), Maria Dulce (Rita Caldeirao), Ruy Furtado (Domingos Botelho), Ricardo Pais (Baltasar Coutinho), Maria Barroso (Abadessa de Monchique), Adelaide João (Madre Prioresa), Duarte de Almeida/Joao Bénard da Costa (Comandante do Navio), Lia Gama (Freira), Manuela de Freitas (Freira), Vanda França (Irma de Baltasar), Henrique Espírito Santo (Bispo), João César Monteiro (Degredado), Teresa Colares Pereira, Laura Soveral, Angela Costa, Agostinho Alves, José Capela, Carlos Garcez, António Martins, Isabel Gonçalves, Maria Salomé, António CorteReal, Carmem Santos, Luís Filipe Monteiro, Bebiana Victorino, Maria da Conceição. Voz do Delator: Pedro Pinheiro. Voz da Providência: Manuela de Melo. Voz Off: (Memórias do Cárcere) Manoel de Oliveira

[ CITI ]