A Caixa - La Cassette - 1994

Todo o filme se passa num típico bairro de Lisboa. Nesse Bairro vive um Cego, o qual sobrevive das esmolas recolhidas diariamente pelas ruas da cidade. Para além das esmolas serem a sua única fonte de alimento, ainda tem que as redistribuir por uma filha e por um genro. A filha para além de se ocupar das tarefas domésticas ainda engoma roupa para fora, enquanto o marido é um marginal desempregado, tal como os seus amigos, vive à custa da caixa do Cego. Até que um dia a caixa é roubada, tal como já tinha acontecido há uns tempos atrás. Motivo suficiente para que haja um grande conflito que acaba em tragédia.

O filme mostra a forma como certas pessoas ganham o pão de cada dia, fazendo das esmolas a única fonte de sobrevivência da família. Por um lado é o dramatismo destes corpos que se arrastam entre a enorme massa de gente anónima a pedir, e por outro lado, é o descortinar de uma realidade social nem sempre vista.


Ficha Técnica

35 mm c 2500 mt 93 mn

Realização: Manoel de Oliveira

Produção: Madragoa Filmes; Gemini Films, La Sepl (França)

As Realização: João Fonseca, António Correia. (Estagiário) Joao Brás

Argumento: Manoel de Oliveira

Obra Original: A Caixa

Autor Original: Prista Monteiro

Adaptação: Manoel de Oliveira

Diálogos: Manoel de Oliveira

Tradutor: Jacques Parsi

Planil/Seq: Manoel de Oliveira

Fotografia: Mário Barroso

Op Imagem: Jacques Monge

As Imagem: Vasco Riobom, Manuel Robalo, (Estagiário) Joao Fenreira

Maquinista: Vasco Sequeira

Grupista: Arnaldo Júnior

Electricistas: João Carlos Aguiar/Musga, Fernando Barbosa

Decoração: Isabel Branco

As Decor: Luís Lacerda Vestuário: Isabel Branco

As Vest: Flor Hernandez

Costureira: Lurdes Rocha

Caracterização: Sylvia Carissoli, Valerie Tranier

Fot de Cena: Mário Castanheira

As Cena: Hernani Saúde

Anotação: Júlia Buísel

Genérico: José João

Direc de Som: Jean Paul Mugel

Ruídos: Marie Jeanne Wickmans

As de Som: Pascal Metge, (Estagiário) Dora Nogueira

Sonoplastia/Mist: JeanFrançois Auger

Música: (Dança do Sabre) Katchaturian, (Ave-Maria) Schubert

Temas Musicais: (A Gaivota, Ai da Vida, Uma Mulher Quando Cai) Isabel Ruth

Coreografia: (Dança das Horas/Gioconda -Ponchielli) Armando Jorge

Montagem: Manoel de Oliveira, Valerie Loiseleux

As Montagem: Catherine Krassovsky, (Estagiário) Alexandre Landreau

Exteriores: Lisboa Mouraria, Escadinhas de São Cristóvão

Data Rodagem: Nov 1993/Jan 1994

Lab Imagem: Tobis Portuguesa

Material: Vídeo Cine, CTN Productions

Reg Som: Les Auditoriums de Joinville (França)

Produção Ex: Paulo Branco

Admin Prod (Portugal) Lu1sa Perestrello

Direc Produção: João Canijo, Elisabeth Bocquet, Alexandre Barradas

As Produção: António Casaleiro, (França) Agene Belkhadra

Sec Produção: Paula Ribas, (França) Violaine Brehm Chefe Prod: Joao Montalverde

Patrocínio: Radiotelelevisão Portuguesa/RTP, Canal +, Centre National de la Cinématographie/CNC (França)

Distribuição: Atalanta Filmes

Antestreia: Monumental

Data Antestreia: 16 Set 1994

Estreia: Monumental

Data Estreia: 18 Nov 1994

Intérpetes/Personagens: Luís Miguel Cintra (Cego), Isabel Ruth (Vendedeira), Glicínia Quartin (Velha), Rui de Carvalho (Taberneiro), Beatriz Batarda (Filha), Filipe Cochofel (Genro), Diogo Dória (Amigo), Sofia Alves (Prostituta), Miguel Guilherme (Freguês), António Fonseca (2.º Freguês), Rogério Samora (3.° Freguês), Duarte Costa (Guitarrista), Paula Seabra (Grávida), Tino Henriques (Neto), Gilberto Gonçalves (Aleijado), Rogério Vieira (GuardaNocturno), Júlia Buísel (Pintora Naif), Sharon Ahrens (1ª Turista), Marsha Smith (2ª Turista), Joel Ferreira (Amigo do Neto), Susana Alves (Moça), Duarte de Almeida/ Joao Bénard da Costa (2º Cego), João Gustavo (Rapazote), José Wallenstein (Companheiro), Mário Barroso (Companheiro), Carla Brígida (Vizinha). Bailarinas: Etelvina Loureiro, Kimberley Ribeiro, Silvéria Baptista, Susana Matos, Sandra Neves, Cristina Jesus, Helena Marques, Carla Pereira, Isabel Frederico, Inês Amaral, Elsa Madeira, Fátima Brito.

[ CITI ]