Homenagem Nacional a Rómulo de Carvalho/António Gedeão

Em Dezembro de 1996 o cientista-poeta Rómulo de Carvalho/António Gedeão foi alvo de uma homenagem nacional por parte do Ministério de Ciência e de Tecnologia em colaboração com instituições e personalidades dos meios universitários, educativo e cultural. Coincidindo com a passagem do seu 90º aniversários, esta homenagem teve os seus momentos altos com os regressos ao Museu da Academia das Ciências de Lisboa, e a distinção atribuída pelo Presidente da República, Jorge Sampaio, com a Grã Cruz da Ordem Militar de Santiago e Espada. Esta distinção foi realizada na escola onde a partir de 1958, Rómulo de Carvalho foi professor, o liceu Pedro Nunes. A partir desse dia, o laborátório de Física foi baptizado com o nome de Rómulo de Carvalho.

Após a sua morte, em 19 de Fevereiro de 1997, a data do seu aniversário, 24 de Novembro passou a ser designado como o dia Nacional da Ciência. Mas a maior homenagem que se lhe pode fazer é tal como nos diz A.M. Nunes dos Santos "ler e reler a sua obra, é sentir o uso, a força e a excelência da sua linguaguem, as imagens claras, a alacridade às novas ideias que converterão, sem dúvida, os leitores a apaixonarem-se pela ciência. Por isso lhe estamos gratos."

in Jornal de Letras, Ano XVI, nº 680, 6 a 19 de Novembro, 1996

[ CITI ]