Camilo Pessanha

Nascido em Coimbra no ano de 1867, radicou-se em Macau no ano de 1894, onde viria a morrer em 1926.

Formado em Direito na Universidade de Coimbra, era um poeta de grande sensibilidade e profunda abulia. Recorreu ao ópio e foi autor de poemas e sonetos de uma perfeição formal espectacular. É considerado o representante mais genuíno de simbolismo em Portugal e um dos vultos mais significativos da poesia portuguesa.

Assim como Cesário Verde, contribuiu bastante para a poesia de Eugénio de Andrade, que o considera seu mestre.

[ CITI ]