Coimbra

Apesar de alegar a atmosfera de guerra (II Guerra Mundial) que se sentia em Lisboa e o seguimento dos estudos com vista ao curso de Filosofia, foi mais por razões afectivas que Eugénio de Andrade se mudou, em 1943, para Coimbra. Aí, instalou-se com a mãe nos arredores da cidade, na Quinta da Urgueiriça.

A Coimbra dedicou a antologia "Memórias da Alegria", recentemente reeditada (lançada na Casa Municipal da Cultura de Coimbra a 24 de Dezembro de 1996).

[ CITI ]