Universo temático

Na obra de Florbela, o universo temático apresenta-se como bastante variado, embora os temas, no fundo, estejam ligados intimamente. Afirmando a importância da sua obra, Florbela centra-se em temas universais, como o Amor, fonte de permanentes desencontros, a Morte, que vê constantemente em contraponto com a Vida, o tempo, a saudade, sentido muito à maneira neo-romântica de António Nobre, e a angústia existencial, por sua vez, muito identificada com a que Antero de Quental expressou. Frequentemente, Florbela passa à poesia a sua ânsia de infinito, cruzada com um premente desejo de evasão. Noutros casos, é de assinalar a referência patriótica e o lugar de destaque que o tema do país ocupa na sua obra., bem como a sua terra natal.

Em paralelo com este universo temático, Florbela serve-se de múltiplo motivos para dar vida aos seus poemas e à sua escrita em prosa, e para transpor para o que escreve as suas vivências pessoais.

[ CITI ]