Fase pessimista

Este período entra em contradição com a sua fase de apostolado, sendo dominado pela apatia melancólica.

Assim, o socialismo utópico de Proudhon e a dialéctica de Hegel, dão lugar às influencias de Hartmann e Shopenhauer no seu "Espartilho de fino aço" (Cidade, 1978 :80).

Na realidade, numa carta endereçada a António de Azevedo Castelo Branco, era nítido o seu estado de frustração:

" De mim, nada te posso dizer senão que continuo no mesmo espaço, marcando passo na doença imóvel. Não me movo eu mas move-se o tempo e vou envelhecendo sem poder fazer alguma coisa que preste"

É durante uma dessas grandes crises pessimistas que Antero destrói o programa para a geração nova.

[ CITI ]