Proudhon

Proudhon, após ter experimentado as difíceis condições da vivência operária (motivo de inspiração de Antero, que logo após tirar o curso parte para Paris como tipógrafo), procura mudar tal realidade que se lhe afigura tão penosa, apelando à justiça social. Com efeito, Razão, Justiça, Igualdade constituem a sua máxima que sintetizam a influência ideológica do socialismo francês em Antero, que afirma: "O grande Proudhon, depois de trinta anos de trabalho e martírio, desenganado política, das revoluções, chegava finalmente numa das últimas páginas que escreveu a esta conclusão: o Mundo só pela moral será libertado e salvo. - É com esta palavra de oiro que fecharei este artigo" (Quental, 1931: 143).

Daí que, à semelhança do seu "mestre", tenha sempre a preocupação de intervir socialmente, não deixando de se empenhar no projecto de liderança da Liga Patriótica do Norte, que é paradigmático da extrema coerência dos valores de uma personalidade que mesmo no momento em que a doença se revela mais insuportável, dedica todo o seu espírito às preocupações de ordem social.

[ CITI ]