Sistema republicano

O escritor açoriano é um acérrimo crítico dos republicanos, já que a implementação da república iria implicar não um progresso, mas, pelo contrário, uma grande desorganização social. Para Antero os republicanos não estavam interessados na verdadeira resolução dos problemas, mas apenas na revolução que conduzisse à alteração de regime, enquanto os socialistas preconizavam mudança social pacífica, isto é, sem substituir o sistema social vigente.

Esta posição utópica aliada a uma intensa propaganda republicana conduziram a um notável incremento do partido de Teófilo de Braga, ao contrário do socialismo idealista de Antero, que sofre o rumo inverso.

[ CITI ]