Socialismo

Antero de Quental revela uma grande preocupação pelas questões sociais, e é por isso que desempenha um importante papel na organização e dinamização do partido socialista, procurando sobretudo elucidar a classe trabalhadora de que a verdadeira solução dos seus problemas reside no socialismo e não no sistema republicano.

Todavia, não deve haver classes com determinados interesses, mas, pelo contrário, haver uma colectivização da propriedade privada dando lugar à economia de mercado, à solidariedade e à fraternidade entre os homens. Trata-se, assim, sobretudo de um socialismo de índole moral, fortemente influenciado por Proudhon, contrapondo-se, deste modo, ao capitalismo, com todos os seus antagonismos sociais, que não têm em conta o valor humano, mas apenas a ânsia do lucro. É por isso que Antero defende a federação económica e a federação política, tendo em vista a liberdade e a coesão dos indivíduos.

[ CITI ]