Bibliografia Consultada

"Enciclopédia Luso- Brasileira de Cultura", Editorial Verbo, Lisboa, nº16, 874 p.

Miranda, Mª Pacheco de, "O Pensamento de António Ramos Rosa ou a Viagem Imóvel", Tese de Doutoramento na UNL, 1991

"Obras de António Ramos Rosa", Mediadoras, Ulmeiro

Pais, Amélia Pinto; Teixeira, "Violeta Carmelita", Ler por Gosto, 10 A, Areal Editores

"Pequeno Roteiro Da História da Literatura Portuguesa", Instituto Português do Livro, 1984

Rosa, António Ramos, "Acordes", Quetzal Ed.

Rosa, António Ramos, "O Ciclo do Cavalo", Limiar

Rosa, António Ramos, "Clareiras", Ulmeiro

Rosa, António Ramos, "Obra Poética", vol.I, Fora do Texto

Rosa, António Ramos, "Livro da Ignorância", Ed. Signo e Autor

Rosa, António Ramos, "O Incêndio dos Aspectos", Na Regra do jogo, Limiar

Rosa, António Ramos, "Volante Verde", Moraes Editores

Simões, João Gaspar, "História da Poesia Portuguesa do Séc. XX", Empresa Nacional de Publicidade

Almeida, Isabel, "A ordem desliza - homenagem a António Ramos Rosa", in O Diário,Lisboa, 1 de Novembro de 1981, pp. 10-11 ( Tradução de um original de Pascal Fleury)

Alvim, Pedro, "Vindo das origens", Diário de Lisboa, 7 de Março de 1990

Belard, Francisco, "Ramos Rosa", in Revista Expresso, Lisboa, 19 de Novembro de 1988, pp.46-R a 49

Furtado, Mª Teresa Dias, " A procura e a perda no processo poético de Hölderlin e Ramos Rosa - entre o rumor e o silêncio", in Colóquio/ Letras, Editorial Notícias, Lisboa, Julho de 1981, nº62, pp. 65-69

"Prémio distingue o rigor do poeta e o permanente diálogo do ensaísta", in Diário de Notícias, Cultura e Espectáculos, Lisboa, 12 de Novembro de 1988, p.17

"Ramos Rosa: café e poesia", entrevista a Jorge Listopad e a Carlos Câmara Leme, in O Jornal Ilustrado, Lisboa, 3 de Abril de 1987, nº632, pp. 18-19

Rosa, António Ramos, " O ser e a função da arte", in O Tempo e o Modo, Lisboa, Junho de 1963, nº6, pp.13-16

Rosa, António Ramos, "Animal Olhar (fragmento)", in O Tempo e o Modo, Lisboa, Setembro de 1963, nº8, pp.65-66

Rosa, António Ramos, "O encontro de poesia de Berlim", in O Tempo e o Modo, Lisboa, s.d.,nº 22

Rosa, António Ramos, "Três poemas", in O Tempo e o Modo, Lisboa, Maio de 1967, nº49, pp.131-132

Rosa, António Ramos, " Os negócios do senhor Júlio César", in Vértice, Coimbra, 1963, volume XXIII, pp.71-72 (Traduçao de um original de Bertolt Brecht)

Rosa, António Ramos, " A experiência poética", in Colóquio, revista de Artes & Letras, Fundação Calouste Gulbenkian, Junho de 1960, nº9, pp. 47-49

Santos, Mª Irene Ramalho de Sousa,"António Ramos Rosa, a língua do silêncio", in Jornal de Lisboa, 16 de Novembro de 1987, p.20

" Treze anos de liberdade", in A Capital, Lisboa, 5 de Março de 1988, p.5

[ CITI ]