O escritor visto por outros

José Cardoso Pires tem uma roda viva de Amigos. Daqueles que se conhece uma vez, por acaso ou intermédio de outra pessoa e, fruto de uma química ainda desconhecida e não estudada, se tornam pessoas de uma importância extrema num percurso que se quer rico. E se não encontra nesta área, e em toda a página, qualquer referência negativa ao homem ou à obra, é pura e simplesmente porque, por mais incrível que pareça, nós também não encontrámos. Até mesmo personalidades mais reservadas ou cépticas da cultura portuguesa lhe encontram qualidades e lhe reconhecem um estilo próprio que, embora despojado (de adjectivos), tem bem presente um quê inexplicável que o torna uma personagem incontornável da cultura portuguesa, lusófona e mundial, através da palavra que profere e da pessoa que é. Muitos foram os que, de uma maneira ou de outra, se expressaram sobre José Cardoso Pires ou sobre a sua obra. Aqui ficam alguns, na certeza de que existem muitos mais. Mesmo aqueles que não o afirmando, pensam-no.

Alexandre O'Neill

Alexandre Pinheiro Torres

António Lobo Antunes

António Tabucchi

Clara Ferreira Alves

Fernando Assis Pacheco

Fernando Lopes

João Lobo Antunes

Júlio Pomar

Maria Lúcia Lepecki

Nelson Matos

Óscar Lopes

[ CITI ]