Casa de Estudantes do Império

A casa era financiada pelo governo português e tinha a função de apoiar os estudantes vindos das colónias. Frequentada também por brasileiros, era, no entanto, o local onde se juntavam essencialmente os africanos. A casa dos estudantes do império tinha funções essencialmente sociais tinha um refeitório e assistência médica e promovia actividades culturais e desportivas. Publicava um boletim mensal a Mensagem.

Apesar de ser financiada pelo Estado português e de ter objectivos sociais, a Casa dos Estudantes do Império acabou por ser o berço, em Portugal, do nacionalismo das ex-colónias.

[ CITI ]