Apresentação da obra

José Saramago diz às centenas de convidados que assistiram à apresentação do seu livro no Fórum Picoas que «este não é um livro canónico respeitador da verdade encontrada pelas igrejas nos Evangelhos, mas antes uma leitura racionalista que, porventura, pode chocar a fé de certos crentes sinceros».

No entanto, o escritor alegaria ter procurado nos evangelhos «o que há de demasiadamente, para enfrentar o atrevimento de escrever sobre a vida de Jesus».

«Escrevi com dignidade e não prevejo, nem desejo, reacções da Igreja Católica, pois trata-se apenas de uma obra literária que versa um tema invulgar», disse José Saramago, sublinhando gostar mesmo «que a Igreja Católica não reaja, deixando os leitores fazerem o seu próprio juízo»."

Informação retirada d' O Jornal, 22 de Novembro de 1991, pág. 14

[ CITI ]