Graça Morais

Nascida a 17 de Março, no Vieiro (Trás-os-Montes). Tirou o curso complementar de pintura na Escola Superior de Belas Artes do Porto. É uma das fundadoras do grupo Puzzle, do qual participa em todas as exposições de 1975 a 1977. Foi bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian, em Paris, de 1976 a 1978. Recebeu o 2º prémio na Lagos 82, o Prémio de Aquisição na Primeira Exposição Nacional de Desenho da Cooperativa Árvore, do Porto, em 1983, e o Prémio de Aquisição na Exposição Figurativo ou Abstracto? do Museu da Casa Nogueira Silva, de Braga, em 1984. A monografia Graça Morais: Linhas da Terra, de António Mega Ferreira, é editada a 1985, pela Imprensa Nacional- Casa da Moeda. Está representada nas colecções públicas do Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, de Lisboa; do Museu de Arte Moderna de São Paulo; do Museu Municipal de Vila Flor; Casa de Museu Anastácio Gonçalves, Lisboa; do Museu do Abade do Baçal, de Bragança, e do Ministério da Cultura. Tem realizado diversas exposições, no país e no estrangeiro.

[ CITI ]