Depoimento

No dia 25 de Abril não tinha a noção do que tínhamos acabado de fazer. Na semana seguinte apresentei-me na Academia Militar para dar aulas.

Spínola viu no MFA uma alavanca de apoio importante para, finalmente, atingir a Presidência da República. Tinha batalhado anos por isso.

É falso que o 16 de Março tenha sido uma jogada de antecipação dos spinolistas. Não tenho dúvida nenhuma porque estive na sua génese.

Marcello Caetano terá deixado o MFA avançar demasiadamente, à espera de conseguir conciliar e resolver a situação.

O meu afastamento da vida político-partidária na clandestinidade era tão grande que eu nunca tinha ouvido falar de Álvaro Cunhal.

CARVALHO, Otelo Saraiva de, EXPRESSO REVISTA nº 1381, HISTÓRIAS DO PREC, Sábado 17 de Abril de 1999.

[ CITI ]