Macau

A situação desta cidade asiática sob administração portuguesa foi condicionada por tudo aquilo que se vivia em solo chinês, a China não estava interessada na saída de Portugal de Macau , por isso não houve lugar a actos com vista à libertação.

No dia 29 de Setembro de 1974, o general Nobre de Carvalho deixa o seu cargo no Governo de Macau.

Outubro (dia 10) vê realizar-se um encontro entre Almeida Santos e um emissário de Pequim para tomar consciência do panorama económico da diminuta colónia e, no dia 22 do referido mês , anuncia que é sua vontade continuar sob a governação de Portugal.

O coronel Garcia Leandro ocupa o cargo de novo governador de Macau no dia 13 de Novembro de 1974.

[ CITI ]