Monolitismo

O Partido Comunista e a extrema esquerda exerceram a sua influência com particular destaque para a televisão e a rádio, conseguindo o controlo total dos órgãos de Comunicação Social. Na imprensa regional predominava a Igreja e surgiam novos jornais na área social-democrata, socialista ou conservadora.

O PCP e a extrema-esquerda usaram os órgãos de informação como se as suas possibilidades fossem ilimitadas, quando o sistema viu abalada a sua credibilidade, deixou de possuir qualquer utilidade. É, portanto, evidente que a tentativa de implantação do monolitismo teve um efeito de retorno, virando-se contra aqueles que o haviam concebido.

[ CITI ]