Sidónio Muralha

(1920- 1982)

Poeta, nascido em Lisboa, integrou o movimento neo-realista. Abandonou o país fixando-se temporariamente no ex-Congo Belga, de onde voltou a partir para fixar residência no Brasil. A sua lírica possuía uma fluência quase oral, um ritmo alucinante e uma grande simplicidade. Foi um dos escritores portugueses que se dedicou à literatura infantil.

Obras:

Poesia - O Beco,1941; Passagem de Nível, 1942; Companheira dos Homens, 1950; Poemas, 1971 (obra poética que inclui o livro inédito Que Saudades do Mar).

Ficção - O Homem Arrastado, 1972 (novelas); Do Outro Lado da Rua (contos).

Literatura infantil - Bichos, Bichinhos e Bicharocos, 1950; Os Olhos das Crianças, 1963; Quando S. Paulo só Tinha Quatro Milhões de Habitantes, 1966; Valéria e a Vida, 1977 (Prémio o Ambiente na Literatura Infantil).

[ CITI ]