Index

História da
 Inteligência Artificial

Inteligência Artificial

Ciências Cognitivas

Cibernética e Robótica

Bibliografia

 


O Primeiro grande momento da inteligência artificial

Caros amigos e colegas,

"Quero dizer o que disse a Herbert Simon ao telefone, há alguns minutos atrás: estou profundamente sensibilizado pela notícia que um programa de computador tenha finalmente ultrapassado o campeão do mundo de xadrez num jogo completo. Para todos aqueles que como nós assistiram ao nascimento do campo da IA, este era sem dúvida o problema do grande desafio. O xadrez computacional não é, certamente, toda a IA, mas como o primeiro amor, fica connosco para sempre (parece super sentimental, mas é sincero). Herbert Simon disse-me: " Bem, talvez eu não tenha sido demasiado preciso ao prever o futuro em dez anos, mas fiz tudo o que pude para ser correcto num horizonte de quarenta anos."

Edward A. Feigenbaum

HISTÓRIA DA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

____________________________________________________________________

Não se pode acreditar em coisas impossíveis, disse Alice Isso é falta de treino, disse a Rainha

Lewis Carol, in Alice no País das Maravilhas

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

____________________________________________________________________

A imaginação é, de longe, muito mais importante do que o conhecimento.

Albert Einstein

CIÊNCIAS COGNITIVAS

_____________________________________________________________________

Há muito, muito tempo, vivia em Itália um velho chamado Gepeto. Era carpinteiro e fabricava todo o tipo de brinquedos de madeira, marionetas, animais e relógios, que adornavam a sua oficina e a sua modesta casa. "Até que enfim que estás pronto!" disse Gepeto, erguendo o boneco nas mãos. Antes de se deitar, Gepeto olhou pela janela e vendo a estrela de alva exclamou: "Oh! Estrela dos desejos, estrela azul! Faz com que o meu boneco Pinóquio se converta num menino de verdade.

in Clássicos da Disney

CIBERNÉTICA E ROBÓTICA

_____________________________________________________________________

Comportei-me como uma criança, brincando na praia, à procura de uma concha mais bonita do que o ordinário, enquanto o grande oceano da verdade permanecia por descobrir.

Isaac Newton

BIBLIOGRAFIA

Trabalho realizado por Célia Margarida Caeiro; Diana Roldão Serra; Joana Dias Jorge; Manuela; Anielo