tit_caixa_sorte.gif (1683 bytes)

O Passeio dos Alegres

Para quem já tinha sido Sr. Contente não custou muito passar a ser um dos Alegres no programa de Júlio Isidro.

O Passeio dos Alegres marcou sem dúvida a grande viragem na vida de Herman José. Para trás ficavam algumas experiências de fraco sucesso, que o deixavam longe de um lugar ao sol.

Em 1981, as tardes de Domingo na RTP eram abrilhantadas pelas lantejoulas de um cantor latino-romântico que dizia mais da sociedade nas suas canções do que a maioria dos jornais. Pequenas piadas sobre a vida política passavam discretamente na TV. E o público lá em casa, sentado no sofá, achava imensa graça àquele rapaz de 27 anos, que já antes tinham visto ao lado de Nicolau Breyner. Agora, pela mão de Júlio Isidro, Herman tinha a oportunidade de conhecer uma vez mais o sabor do sucesso, mas com outra independência. Toni Silva foi a sua rampa de lançamento. Mas na altura ninguém previa até onde iria este rapaz.


clique para ver versão 56k

media_player.gif (1567 bytes)
media player