INFO-INCLUSÃO DOS ALUNOS ITINERANTES NA SOCIEDADE DO CONHECIMENTO

RESUMO

Este trabalho de projecto pretende abordar a criação, organização e manutenção de um espaço de aprendizagem em b-learning, dirigido a alunos itinerantes do 1º Ciclo do Ensino Básico, numa perspectiva de construção do conhecimento, apoiado em princípios construtivistas e que contribuam para o sucesso educativo destes jovens. Ao longo deste trabalho reflectir-se-ão as questões relacionadas com as vivências dos alunos itinerantes, a aprendizagem on-line, a utilização de metodologias interactivas, apoiadas nas tecnologias de informação e comunicação, tendo por objectivo a info-inclusão destes alunos na sociedade do conhecimento.

Nesse sentido foram recolhidos e analisados os dados oficiais do Ministério da Educação relativos ao número de alunos itinerantes matriculados em cada ciclo, realizaram-se entrevistas a alunos itinerantes, alunos do ensino regular, professores, psicólogo e órgão de gestão com o objectivo de fazer o levantamento dos obstáculos com que os alunos itinerantes se debatem para concluir a escolaridade obrigatória e as áreas de ensino onde revelam mais dificuldade. A partir da análise dos dados recolhidos foi elaborado o projecto “@qui há escola” baseado em novas estratégias de aprendizagem, b-learning, apoiado nas tecnologias de informação e comunicação, com o objectivo de impulsionar a forma de ensinar e de aprender, desenvolvendo nos alunos a sua capacidade crítica, a reflexão, a participação e a construção do próprio conhecimento, de forma a optimizar o processo ensino-aprendizagem.

Foram definidas estratégias pedagógicas interactivas adequadas a uma melhor aprendizagem dos alunos itinerantes, que promovam a valorização do trabalho do aluno e a responsabilização pela sua própria aprendizagem, possibilitem o desenvolvimento do espírito crítico na pesquisa e selecção de informação e na resolução de problemas.

PALAVRAS-CHAVE: Alunos itinerantes: inclusão social; tecnologias de informação e comunicação; sociedade do conhecimento.