O PAPEL DOS JOGOS NA APRENDIZAGEM

RESUMO

O desafio que hoje se apresenta às escolas é o de preparar os alunos no desenvolvimento de competências para a apelidada Sociedade do Conhecimento, onde os princípios assentam em trabalhar de forma cooperativa, pesquisar informação, desenvolver o pensamento crítico, e saber actuar na resolução de problemas. A capacidade de pensar de forma criativa é essencial, devido às mudanças impostas pelas novas tecnologias. A concepção de programas de aprendizagem enfrenta muitos desafios e é, ao mesmo tempo importante para a aprendizagem ser eficaz. A inclusão de computadores potência a exploração da informação e de conversão em tecnologias educativas, explorando novas formas de aprender. Hoje em dia, constata-se que os alunos passam mais tempo a jogar, na generalidade, do que a estudar. A geração dos nativos digitais cresceu com os jogos de computador, internet e filmes e essa realidade alterou expectativas. A evolução tecnológica veio proporcionar a utilização de ambientes virtuais que podem ser aplicados para situações de aprendizagem individual ou de grupo. Este trabalho analisa a possibilidade de utilização dos jogos de computador e o seu potencial de suporte ao binómio ensino-aprendizagem. Também se pretendeu aferir se os jogos poderão ser veículos de aprendizagem em contexto formal, não-formal ou informal.

PALAVRAS-CHAVE: Utilizador;interactor, aprendizagem informal,   ambientes virtuais, jogos educativos, geração digital.